sábado, 28 de agosto de 2010

PROJETO PAULÍNIA AO VIVO TRAZ O MUSICAL ALADDIN PARA A CIDADE




Musical terá duas apresentações dias 11 (sábado) e 12 (domingo) 
Depois de A Gaiola das Loucas, a Secretaria Municipal de Cultura, através do Projeto Paulínia ao Vivo, levará para os palcos do Theatro Municipal, dias 11 e 12 de setembro, mais uma grande produção nacional: Aladdin, o musical.

Esse famoso clássico , acaba de estrear no país, com adaptação dirigida por Paulo Ribeiro, texto de Igor Miranda, direção musical do maestro Carlos Bauzys e coreografias de Fernanda Chamma. A superprodução revive o clássico conto da literatura árabe com um elenco de mais de 20 atores, muitos efeitos especiais e um figurino luxuoso composto por mais de 230 peças criadas pelo premiado Leo Diniz.

O cenário, concebido por José Dias, é composto por telões de projeção de imagens, além de peças e adereços que criam um ambiente capaz de ilustrar com propriedade o mundo encantado dos personagens.

A trama, narrada por Sherazade, conta a saga de Aladdin, um jovem travesso que vive na cidade de Ágraba e é procurado pelo feiticeiro Jaffar para capturar uma lâmpada mágica dentro de uma gruta. Ao longo do percurso, Aladdin cruza com o macaco Abbu, um gênio trapalhão e a princesa Jasmine, com quem vive uma linda história de amor impossível.
A produção do espetáculo abrirá seu ensaio de palco para profissionais dos departamentos de teatro, musica e dança da Secretaria, dando continuidade ao intercâmbio cultural proposto pelo  Projeto Paulínia Ao Vivo:  “ queremos trazer para a cidade, não só entretenimento de qualidade,  mas também, ações culturais que consigam atender nossos  profissionais e estudantes da área”, diz Fernanda Chamma, diretora do Projeto. Para o secretário Emerson Alves, este é o grande diferencial desta proposta que pretende atuar, de maneira significativa, junto ao quadro cultural nacional e, principalmente, de todo o Estado de São Paulo.

Serviço
Espetáculo: Aladdin – O musical
Local: Theatro Municipal de Paulínia ( Av. José Lozano Araujo, 1551 - Pq. Brasil 500 )
Datas: 11 e 12 de setembro
Horários: Sábado: 17h  Domingo: 16h
Informações: 19 3933 2140
Vendas: Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br)


Pontos de Venda:

Bilheteria do Theatro de Paulínia – terça a domingo 13h às 19h
Fnac Campinas - Shopping Dom Pedro - funcionamento de Segunda a Sábado 10h00 às 20h00 e aos Domingos e Feriados das 12h00 às 18h00. - aceita todos os cartões.

Tabacaria Raniere - Shopping Galeria - De Segunda a Sábado das 10h00 às 20h00. Aceita somente dinheiro.

Wrangler - Campinas Shopping  Jd do Lago. De Segunda a Sábado Das 10h00 Às 20h00. Aceita Somente Dinheiro.

Call Center: 4003 1212


Valores:   Platéia Baixa Central, lateral (par e impar): R$ 100,00 inteira/R$50,00 meia entrada
Platéia Alta Central, lateral (par e impar):    R$80,00 inteira | R$40,00 meia entrada
Camarotes Frontais 1, 2, 3 e 4:  R$ 80,00 inteira | R$ 40,00 meia entrada
Balcão Lateral Térreo - 2 nível (par e impar): R$ 60,00 inteira | R$30,00 meia entrada
Balcão Lateral 3 Nivel (par e impar): R$ 50,00 inteira /R$ 25,00 meia entrada
Mezanino.:  R$ 40,00 inteira | R$ 20,00 meia entrada


PROIBIDA A ENTRADA APÓS O INICIO DO ESPETACULO. 
NÃO HAVERÁ DEVOLUÇÃO DO VALOR DO INGRESSO NEM TROCA PARA OUTRA SESSÃO.



fonte: Secretaria de Cultura de Paulinia http://www.culturapaulinia.com.br/noticia.php?id=160




   
EM CASO DE ATRASO SÓ SERÁ PERMITIDA A ENTRADA NO TEATRO DURANTE
O INTERVALO DO ESPETACULO.

OBRIGATÓRIA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE COMPROVEM A MEIA ENTRADA.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

O Homem do Futuro realiza coletiva em Paulínia




Em coletiva realizada nesta quinta-feira (19), Claudio Torres, diretor e roteirista do filme O Homem do Futuro, explicou que o longa tem como estrutura um paradoxo de tempo. Assim como “De volta para o futuro”, “Peggy Sue”, “A dona da história”, “A felicidade não se compra” e tantos outros filmes, O Homem do Futuro discute um desejo universal dos seres humanos.
Na busca frenética por consertar seu presente patético e resgatar um amor que foi, para o nosso herói, não correspondido, ele acaba embarcando numa viagem estonteante de vai-e-vém por seu passado e futuro, numa saga aventuresca onde aprenderá que é perigoso mexer com o tempo.
“A exemplo do recente sucesso de “A mulher Invisível”, visto por 2,3 milhões de espectadores,  que também se pauta por uma estrutura clássica de filmes, pode-se afirmar que é possível fazer um cinema contemporâneo, voltado para o entretenimento, calcado em grandes atores, com diálogos ferinos e dinamismo narrativo, e também discutir assuntos profundos com uma abordagem divertida”, afirmou Claudio.
O Homem do Futuro tem como âncora o talento de dois grandes atores nacionais: Wagner Moura, que neste filme contracenará com ele mesmo em três personalidades diferentes, e Alinne Moraes, interpretando a modelo Helena Hope.
Questionado sobre fazer comédia no Brasil, Claudio afirmou ainda que hoje em dia a comédia não é vista como gênero nobre no cinema e que a crítica a vê com preconceito. "Queremos que que o filme passe a mensagem de que devemos assumir o que somos, refletindo o que aconteceu no passado para melhorarmos o futuro”, completou.
Wagner Moura , protagonista do filme, disse que "deseja que Paulínia prospere muito, e que  em muito pouco tempo ela já se tornou um "point" de grandes produções, fora do Projac (TV Globo), e por isto esta  é a melhor cidade”.

Personagens Principais
Zero (Wagner Moura)
Um egocêntrico, rancoroso, solitário e infeliz cientista, professor de física e inventor da maior invenção desde a roda.

Helena (Alinne Moraes)
Um furacão em forma de mulher que há vinte anos estraçalhou o coração de Zero e hoje é uma das modelos mais famosas do mundo.

Otávio (Fernando Ceylão)
Único amigo de Zero, co-autor do Grande O, o acelerador de Partículas mais barato do mundo.



Fonte: http://www.culturapaulinia.com.br/noticia.php?id=158

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Matéria do Jornal EPTV sobre "Colegas"

video


o Jornal EPTV visitou o set do Colegas durante uma das diárias na Escola de Cadetes em Campinas e preparou essa matéria que foi ao ar na sexta-feira, dia13.

Fonte: http://colegasofilme.wordpress.com/

Secretaria de Cultura de Paulínia faz mudanças no primeiro edital de 2010

Em razão de algumas sugestões recebidas de produtores e moradores da cidade de Paulínia, a Secretaria de Cultura alterou a data de publicação do Edital de Longas  e Curtas-metragens para o dia 10 de Setembro de 2010. O aumento da verba do edital e a ampliação do número de filmes (longas e curtas) a serem contemplados são algumas das mudanças  a serem anunciadas pelo Secretário de Cultura,Emerson Alves.  

Até agora foram beneficiados pela Prefeitura de Paulínia 40 filmes longa metragem em 4 editais. 


Fonte: Secretaria da Cultura de Paulínia

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Asacine Procuções grava "A Última Estação" no Polo

“A Última Estação” é uma co-produção entre a ASACINE Produções, principal produtora de cinema da Capital Federal, e a Cinevideo Produções. Em sua trajetória, iniciada em 1993, a ASACINE coleciona os principais prêmios nas três categorias (longa-metragem 35mm, curta-metragem 35mm e curta-metragem 16mm) do Festival de Brasília de Cinema Brasileiro, um feito inédito. Focada em conteúdos principalmente para cinema e televisão, as conquistas da produtora não se limitam ao Distrito Federal. No Festival de Gramado de 2004, o filme “Filhas do Vento”, de Zito Araújo, foi premiado com oito kikitos, entre eles o de melhor filme pela crítica. A empresa agora alia sua experiência na área cinematográfica à da Cinevideo, produtora que depois de investir na África e América Latina - com a realização de minisséries de ficção, documentários e programas de TV – abre uma nova área, com produções com apelo comercial também no mundo árabe. É o caso de “A Última Estação”, que deve chegar aos cinemas a partir de 2011.

Sinopse


O filme “A Última Estação” narra as travessias que Tarik, o protagonista, é obrigado a fazer ao longo de sua vida, em busca da felicidade. Sua primeira diáspora, ainda menino, acontece em 1950. Ele, o irmão mais novo e outros quatro meninos libaneses fogem dos reflexos da guerra no Oriente Médio, cruzam o Oceano Atlântico em um navio italiano de imigrantes e se abrigam em um Brasil que começa a acordar para o desenvolvimento. A derradeira diáspora acontece 51 anos mais tarde, quando Tarik atravessa o país, de São Paulo a Belém do Pará, onde cada parada se transforma em uma verdade fabulosa; como nos contos das “Mil e Uma Noites” aprende que todo sentimento é rebelde e pode pegar de surpresa o coração mais desavisado.


Fonte: Site da Secretaria de Cultura de Paulinia
http://www.culturapaulinia.com.br/noticia_festival.php?id=32

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Conspiração, Globo Filmes e Paramount juntas em “O Homem do Futuro”


 A Conspiração Filmes, a Globo Filmes e a Paramount Pictures anunciam a parceria de coprodução e distribuição da comédia romântica “O Homem do Futuro”, próximo longa-metragem de Claudio Torres. As filmagens têm início nesta quinta-feira (12/08), em Paulínia (SP). Para o papel principal está escalado o ator Wagner Moura. Alinne Moraes viverá Helena, a amada de Zero. Integram o elenco os atores Fernando Ceylão, Maria Luisa Mendonça e Gabriel Braga Nunes.. O filme contará a história de um homem que acidentalmente volta no tempo e se vê diante da possibilidade de ensinar a si mesmo como deixar de ser um panaca e conquistar a mulher que perdeu.
Para o diretor e escritor Claudio Torres, responsável pelo sucesso de bilheteria “A Mulher Invisível” (2,3 milhões de espectadores), o longa tem uma temática universal. “É um filme sobre amor e arrependimento. Uma comédia romântica com ritmo de aventura e tempero de ficção científica, voltado para o entretenimento, calcado em grandes atores, diálogos ferinos e dinamismo narrativo, discutindo assuntos profundos de forma divertida”, diz o diretor.
Esta é a primeira vez que as empresas formam uma parceria para produção cinematográfica. “Para a Conspiração é muito importante contar com um parceiro como a Paramount Pictures, empresa tradicional do mercado cinematográfico que contribuirá em muito com a sua experiência e excelência para que esse projeto seja um sucesso”, afirma Eliana Soárez, produtora-executiva da Conspiração.
As filmagens serão realizadas em 2010.

Sinopse

Zero é um cientista genial, porém, arrogante, infeliz, que odeia a própria vida porque, há 20 anos, foi humilhado publicamente na faculdade e perdeu o grande amor de sua vida – Helena. Prestes a ser demitido, Zero aciona, antes de totalmente concluído, o acelerador de partículas mais barato do mundo (segundo ele mesmo: a maior invenção da humanidade desde a roda). O experimento fracassa, mas Zero acidentalmente volta ao passado e se vê diante da chance de alterá-lo. Nosso herói vai aprender que tentar manipular os caminhos do tempo é mais difícil (e confuso) do que parece. Zero retorna a um presente alterado e descobre que se transformou em um canalha. Pior, a nova realidade o separou ainda mais de Helena. Sua única saída é voltar novamente ao passado e impedir ele mesmo de alterar o presente.

fonte: texto: Site da Conspiração Filmes - Imagem: O Globo
http://www.conspira.com.br/imprensa/?p=87
http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2009/10/09/wagner-moura-sera-protagonista-do-proximo-filme-do-diretor-de-mulher-invisivel-767986715.asp

Filme Colegas realiza Coletiva de Imprensa em Paulínia

Filme contemplado pelo segundo edital de 2009 realizou coletiva de imprensa na segunda-feira,02 de agosto;
Colegas, de Marcelo Galvão, realizou na segunda-feira (02 de agosto) uma coletiva de imprensa com o diretor e o elenco do filme. Colegas foi contemplado pelo segundo edital de 2009 e começou a ser rodado em Paulínia no dia 24 de Julho deste ano.
Marcos Kimura, diretor da Paulínia Film Commission, representou o secretário de Cultura, Emerson Alves, e abriu a coletiva agradecendo a equipe do filme e a presença dos jornalistas. Marcos enfatizou a importância do Polo para o cinema brasileiro e para Paulínia.

A equipe de Colegas foi representada pelos atores down Ariel Goldemberg, que interpreta Stalone, Rita Pokk, que faz a Aninha e Breno Viola, que é o Marcio. Amelia Bittencourt (a Dona Esmeralda), Rui Unas (ator português que interpreta o policial Portuga) , Deto Montenegro (Souzas), Juliana Didone (a jornalista Patrícia) e Lima Duarte (Seu Arlindo), completam o elenco do filme e também estiveram presentes na coletiva.

Marcelo Galvão, diretor e roteirista de Colegas, contou que há duas semanas filma na região e que a ideia de escrever o roteiro surgiu da convivência com seu tio, que também é portador de síndrome de down.

O filme será 80% rodado em Paulínia (oito semanas) e terá filmagens em Florianópolis e Torres (RS), além de uma semana em Buenos Aires. A equipe de Colegas selecionou 600 figurantes da cidade e contratou mão de obra local. No momento, o Polo Cinematográfico abriga três produções : O Homem do Futuro, de Claudio Torres; A última Estação, de Marcio Cury e Colegas, de Marcelo Galvão.

Colegas conta a história de três jovens com síndrome de Down que vivem em um instituto e amam cinema. Um dia, inspirados pelo filme "Thelma & Louise", eles decidem partir em busca de seus sonhos. Um deles quer conhecer o mar, a garota procura um marido e o terceiro quer voar. Nesta saga eles passam por situações emocionantes e divertidas, como se tudo não passasse de uma brincadeira de cinema.

Os atores protagonistas:

Ariel começou no teatro amador e fez as peças Romeu e Julieta e Muito barulho por nada. Na TV fez participação especial na novela Jamais te esquecerei (SBT) e no seriado Carga Pesada (TV Globo). No cinema um dos personagens principais do documentário Do Luto à Luta, de Evaldo Mocarzel.

Rita participou da peça Romeu e Julieta e da novela Jamais te esquecerei. Também é uma das principais personagens do documentário Do Luto à Luta, de Evaldo Mocarzel, que tem como tema jovens portadores de Síndrome de Down.

Breno é comediante e na coletiva falou do preconceito da sociedade, e que o filme Colegas tem a missão de mostrar que “ser diferente é ser normal”.

fonte:http: site da Secretaria de Cultura de Paulinia
www.culturapaulinia.com.br/noticia.php?id=147